2017: um grande ano para o IFSC

Olá!

O primeiro semestre de 2017 iniciou esta semana, com o retorno dos servidores e as reuniões pedagógicas acontecendo por todo o estado. Esses encontros são muito importantes para alinhar as estratégias que vão guiar os trabalhos ao longo dos próximos meses, sempre visando a melhor forma de atender às necessidades dos alunos. Para as boas-vindas aos servidores, gravei uma pequena mensagem:


Já as aulas, começam na próxima segunda-feira (6) para a maioria dos cursos (para consultar o calendário acadêmica do seu câmpus, clique aqui). É sempre um momento de muita alegria receber os nossos estudantes. Sejam aqueles que já estão conosco ou os que iniciam sua caminhada neste semestre, por eles estamos aqui trabalhando, pela educação profissional pública, gratuita e de qualidade. A eles, também deixo a minha breve saudação:


O ano de 2017 vem cheio de desafios, mas também com muitas expectativas. Temos que ser fortes e unidos para encarar um período de maior dificuldade para a educação pública. Por isso, nosso foco deve ser na permanência e êxito, sempre melhorando a nossa atuação para garantir o cumprimento da missão institucional, atingindo aqueles que mais precisam de formação profissional.

Temos o compromisso de, mesmo com as dificuldades, mantermos o investimento em Assistência Estudantil, por meio do Paevs, o incentivo ao intercâmbio com as bolsas do Propicie e a manutenção dos eventos que promovem a interação entre os estudantes de toda Santa Catarina, como o JIFSC e o Sepei.

Outros assuntos

Semana Pedagógica - Câmpus FlorianópolisOntem (2), estive na abertura do evento promovido pelo Câmpus Florianópolis em sua Semana Pedagógica. Uma das atividades foi a palestra do professor Renato Dagnino (UNICAMP), que falou sobre “Avaliação e perspectivas para a pesquisa no Brasil – Tecnologia Social”. Gostei muito da fala do professor, principalmente quando discorreu sobre os objetivos sociais dos institutos. Para ele, precisamos constituir nossa atuação focada em quem mais precisa, e não em formar somente para empresas. O professor destacou ainda que podemos atuar para desenvolver economia solidária e tecnologia social numa lógica de transformação, e não de reprodução do sistema.

Também estive na recepção aos professores do Câmpus Florianópolis-Continente, na terça-feira (31). Nesses momentos, reitero nosso compromisso institucional de educadores e como também de servidores públicos, com ética e transparência!

Que façamos de 2017 um grande ano para o IFSC!
Bom fim de semana a todos!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Alunos, Institucional, Servidores. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.