Reditec e nota de repúdio

Olá!

equipe_IFSC_reditec_2017Como já tinha adiantado no último post, passei toda esta semana na Paraíba participando da 41ª Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica, a Reditec 2017. O evento começou na segunda-feira (20) e terminou ontem (24) no Centro de Convenções de João Pessoa.

A Reditec é promovida anualmente pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif, e pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, a Setec. Neste ano, a organização do evento foi feita pelo Instituto Federal da Paraíba e o tema da edição foi “Educação Profissional: acesso, permanência e êxito”.

equipe_IFSC_reditec_2017_2A discussão em torno dessa temática durante todo o evento é muito necessária na Rede para aumentarmos a inclusão e pensarmos coletivamente estratégias e programas que ataquem a evasão. Só assim, incluiremos nas nossas instituições quem realmente precisa de educação pública e ajudando-as a concluir sua jornada acadêmica é que conseguiremos transformar de fato a vida de quem mais precisa.

experiencia_exitosa_reditec_2017_IFSCFiquei muito orgulhosa com a participação do IFSC na Mostra de Experiências Exitosas da Reditec. Tivemos seis trabalhos selecionados: “Proeja em território campesino” (Modalidade Ensino), “Do design de móveis em sala de aula à transferência da propriedade industrial: um case de sucesso na perspectiva de atuação dos Institutos Federais” (Modalidade Pesquisa), “Tecnologias assistivas no Câmpus Chapecó” (Modalidade Pesquisa), “TRANSformando vidas de sujeitos em situação de vulnerabilidade social: somos todas Mulheres Sim” (Modalidade Extensão), “Desenvolvimento e implantação do sistema informatizado de gerenciamento do Programa de Assistência Estudantil e Vulnerabilidade Social – Paevs e IVS” (Modalidade Gestão) e “Campanha IFSC/IFC no Facebook” (Modalidade Gestão). Isso mostra o comprometimento dos nossos servidores em todas nossas linhas de atuação. Parabéns aos envolvidos!

Nota de repúdio

Junto com a Reditec, tivemos mais uma reunião do Conif em que tratamos do Sistema Eletrônico de Informação, uma solução criada no TRF. Como todos têm seus sistemas, estamos analisando e negociando como tratar dessa questão na nossas instituições. Também fizemos reuniões com os dirigentes regionais para tratar da eleição da diretoria 2018.

E ainda publicamos uma nota, que pode ser conferida na íntegra no nosso site, em que o Conif repudia as informações publicadas pelo jornal O Estado de S.Paulo e por outros veículos de comunicação com base no relatório do Banco Mundial intitulado “Um ajuste justo: uma análise da eficiência e da equidade do gasto público no Brasil”. Conforme nota, “os dados divulgados são irreais, contrastam com os indicadores positivos registrados nos últimos anos e, o mais grave, negam o investimento em uma área social prioritária, ao desconsiderar a atuação exitosa, socialmente reconhecida, dessas instituições, bem como ignoram a capilaridade dos institutos federais”.

Próximas Reditecs

Ficou decidido que a Reditec do ano que vem será de 10 a 14 de setembro em Búzios, no Rio de Janeiro, e a de 2019 será em Santa Catarina. Sim, iremos organizar o evento junto com o Instituto Federal Catarinense em Balneário Camboriú.

Ficamos muito honrados em poder ser anfitriões de um evento tão importante para a Rede Federal, que demonstra nossa união e nos permite trocar tantas experiências. A Reditec é uma ação que ajuda a integrar nossas instituições, consolidando nossa atuação enquanto institutos que são sim muito importantes para o desenvolvimento do nosso País.

Exame de Classificação

E neste domingo teremos exame de classificação para os candidatos ao nosso Ensino Médio Técnico. Teremos cerca de 6 mil candidatos disputam 1,1 mil vagas com provas em Araranguá, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Jaraguá do Sul, Joinville, São José, São Miguel do Oeste e Xanxerê. Desejo boa sorte a todos!

Até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.