Codir e Forproex

WhatsApp Image 2017-11-18 at 08.28.43Nesta semana, tivemos mais uma reunião do Colégio de Dirigentes do IFSC, o Codir, que reúne pro-reitores e os diretores-gerais de todos os nossos câmpus. Na segunda-feira, tivemos uma capacitação em educação a distância, Cadeia de Valor e ainda sobre o Plano de Oferta de Cursos e Vagas, o POCV.

Na terça, tratamos também do POCV. Fizemos a avaliação de como está esse processo e trabalhamos em uma nova agenda. Estamos estudando a distribuição de novas vagas de acordo as com necessidades institucionais e do que entendemos que nossa sociedade precisa.

Temos que priorizar nossas ofertas de EaD, Proeja e de formação de formadores. Nossos índices estão abaixo do que determina a legislação. Mais do que um compromisso legal, temos um compromisso social ao trabalhar com esses cursos.

Hoje temos cerca de 80 milhões de pessoas que não possuem o Ensino Médio. Precisamos trazer esse público para nosso instituto e também qualificar os professores para fortalecer todo o ensino básico, tão fragilizado em nosso país. É uma responsabilidade social que temos enquanto instituição de educação pública e necessitamos atender essa demanda da sociedade e dar esse retorno para a população.

Discutimos também sobre a forma de distribuição orçamentária em relação aos cursos de Educação a Distância. Muitos câmpus estão atuando como polos e buscamos reconhecer o esforço dessas ofertas. Enquanto nosso sistema acadêmico, SIGAA, está em implantação, manteremos os alunos cadastrados no câmpus ofertante. Depois, vamos trabalhar para contar a matrícula nos câmpus polo aos quais os alunos estão vinculados. Aprovamos uma forma percentual da distribuição orçamentária entre câmpus ofertante, polos e Cerfead que já valerá para 2018!

Outro ponto do Codir foi a apresentação dos planos estratégico e diretor de TIC para o IFSC, dos anos de 2018 e 2019!

Como sempre, a reunião foi transmitida ao vivo pela IFSCTV e a gravação pode ser vista aqui.

Forproex

abertura_forproex_2017_IFSCOntem participei da abertura do 42º Encontro Nacional do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições de Educação Superior Brasileiras, o Forproex, que segue até amanhã em Florianópolis. O IFSC é um dos organizadores do evento, junto com a UFSC e a Udesc.

Falei em como a extensão tem conquistado seu espaço no nosso Instituto, com a valorização da carga horária docente no viés da extensão. Estamos avançando, superando as dificuldades, mas precisamos ser mais rápidos e efetivos na prática do que nos conceitos e nas teorias. Temos como desafio curricularizar a extensão, com 10% da carga horária do Ensino Superior até 2024, e trabalhar as diferenças econômicas, sociais, de gênero e raciais de modo a superá-las.

Nesse sentido, a extensão é a forma que temos de fazer transformação social. Destaquei minha expectativa para que, no encontro, possamos escolher caminhos importantes para que as instituições possam se fortalecer.

Essa parceria institucional para a realização do evento com a UFSC e a Udesc é muito importante. Precisamos nos unir ainda mais e focar mais naquilo que nos aproxima do que no que nos distancia. Isso nos torna mais fortes e beneficia a todos, principalmente, a população.

A abertura foi transmitida ao vivo pela IFSCTV e a gravação pode ser conferida aqui.

logo_reditec_coloridaE semana que vem ficarei fora. Viajo para João Pessoa (PB) para participar da 41ª Reunião dos Dirigentes da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica, a Reditec 2017. Além de estar presente com seus gestores, o IFSC foi selecionado para compartilhar seis experiências exitosas, o que muito nos orgulha.

Junto com a Reditec, teremos mais uma reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. Semana que vem conto como foi!

Até lá!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.