Assistência Estudantil e Codir

Olá!

Nesta semana, tivemos uma pauta muito importante que foi a assistência estudantil no IFSC. Tenho falado aqui no blog sobre a nossa preocupação em relação aos cortes orçamentários e de como isso pode afetar nossos estudantes, o que tentamos evitar até onde foi possível.

Infelizmente, nossa expectativa de que o Governo não fizesse o corte no recurso destinado à assistência estudantil, como historicamente vinha ocorrendo mesmo em cenários mais pessimistas, não ocorreu. Desta forma, teremos que fazer ajustes no Programa de Atendimento ao Estudante em Vulnerabilidade Social do IFSC, o Paevs.

Ao longo da semana, tivemos manifestações de estudantes preocupados com o corte e ontem fizemos uma reunião marcada para discutir esta questão com a presença de servidores e estudantes. Diante da importância do tema, tivemos transmissão da IFSCTV e a gravação pode ser conferida aqui.

Agradeço muito os depoimentos que tivemos e podem ter certeza de que temos a consciência do que o Paevs representa na vida de muitos estudantes. Nossa intenção nunca foi cortar as bolsas, mas para conseguir manter o programa não há outra saída se não a readequação dos valores até que tenhamos uma liberação de recursos por parte do Governo. Fico muito sensibilizada mesmo com a situação, mas não depende do IFSC. Somos uma autarquia federal e estamos sendo impactados diretamente pelo corte orçamentário feito pelo Governo Federal diante de todo o contexto político e econômico que vivemos em nosso País.

Publicamos hoje no nosso site uma nota oficial sobre a questão sobre o encaminhamento que será dado em relação ao Paevs. Compartilho aqui.

Destaco que todos os esforços estão sendo feitos para que possamos manter o atendimento aos estudantes por meio do Paevs, mas não temos como direcionar todos os recursos que temos apenas para a Assistência Estudantil. Primeiro, porque legalmente isso não é possível, uma vez que nossos recursos possuem destinos específicos E depois porque a atividade fim da instituição – que é ensino, pesquisa e extensão – precisa ser mantida também no atendimento de projetos prioritários dentro desta crise que vivemos e que afeta toda a instituição com corte em todas as áreas.

Estamos sempre à disposição para prestar esclarecimentos e comprometidos com a transparência do nosso orçamento e das decisões tomadas com base em análises técnicas feitas pelos nossos servidores.

Colégio de Dirigentes

Nesta sexta-feira, participei o dia todo da reunião do Colégio de Dirigentes do IFSC, o Codir, que conta com a participação de todos os diretores-gerais dos câmpus. Os principais pontos da pauta foram apreciação da Resolução sobre circuito fechado de televisão e a escolha dos representantes do Codir no Consup: Mirtes, Saul, Eduardo Pires, Rosangela e Ana Paula como titulares e Lucas, Andrea, Bertilia, Ilca e Jaison como suplentes.

Além disso, aprovamos o PDTI – IFSC rede, analisado ontem no comitê de TI, e apreciamos a minuta de resolução de movimentação de pessoal, que já foi analisada pelo CDP.

A reunião foi transmitida pela IFSCTV e a gravação pode ser vista no nosso canal do YouTube.

Outros assuntos:

forum_reitores_julho_2016_IFSC– Fórum de Reitores: nesta semana, retomamos o Fórum dos Reitores das instituições públicas federais de Santa Catarina com uma reunião com os dirigentes da UFSC, do IFC e da UFFS. Discutimos formas de atender melhor a saúde e a capacitação dos nossos servidores e queremos fazer um esforço coletivo para a criação de programas de prevenção à saúde e de qualificação. Já deixamos pré-agendadas as reuniões de equipes de trabalho para tratar desses temas. O esforço coletivo e a união das instituições é fundamental para avançarmos. A próxima etapa é reunir os demais reitores para aproximar as instituições catarinenses.

– Comitê de TI: tivemos mais uma reunião nesta quinta-feira do Comitê de TI do IFSC em que discutimos o Plano Diretor de Tecnologia de Informação (PDTI) e as prioridades institucionais neste momento.
Até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.