Reuniões em Brasília

Olá!

Esta semana estive em Brasília, onde participei de encontros com resultados bastante importantes para nossa instituição, assim como para a Rede Federal como um todo.

Na terça-feira, participei da reunião da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes), em que tratamos dos cursos que farão em 2015 o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). Esses cursos já estão definidos e serão divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O critério para a escolha foi que no país todo haja pelo menos 100 cursos e 2 mil formandos. Ainda na reunião do Conaes, propus que tratássemos também do tema Exame Nacional do Ensino Médio/Sistema de Seleção Unificada (Enem/Sisu). Foi deliberado que vamos procurar o Ministério da Educação, o Inep, a Setec e a Secretaria de Educação Superior (Sesu) para melhorar as datas e processos, a fim de dar mais segurança às instituições na adesão ao sistema.

IMG-20141212-WA0009

Foto: Assessoria de Comunicação do Conif

Também na terça-feira teve início a reunião do Conif, que se estendeu até quinta. Foi eleita a nova diretoria da entidade para 2015, composta por Belchior de Oliveira Rocha, reitor do IFRN, na presidência; Marcelo Bender Machado, reitor do IFSul, como vice-presidente; Jerônimo Rodrigues da Silva, do IFG, como diretor administrativo; e José Bispo Barbosa, do IFMT, como diretor financeiro. A nova gestão tomará posse em fevereiro.

Na reunião do Conif, discutimos a questão orçamentária e financeira dos Institutos Federais para o fechamento do ano. O MEC se comprometeu em fazer os repasses das nossas necessidades mais urgentes, em especial o Pronatec. A avaliação é que nossa execução orçamentária foi muito boa, mas que ainda é possível finalizar melhor, tendo em vista inclusive a intenção do MEC de liberar mais recursos e cotas para cumprirmos compromissos assumidos com investimentos e custeio.

Tratamos ainda dos avanços e das dificuldades do Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) dos docentes. No IFSC, conseguimos finalizar 90 processos, com emissão de portaria e inclusão na folha, inclusive com o pagamento dos valores retroativos a 2014. Infelizmente não temos controle de todos os procedimentos, dependemos das bancas e também do fluxo interno, que foi extremamente trabalhoso. Destaco o trabalho da Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD) e da comissão de avaliadores ad hoc, criada para esse fim. Sem a dedicação dessas equipes, não teríamos conseguido conceder esse direito a tantos servidores, que certamente fazem muito por merecer esse reconhecimento. Para 2015, será prioridade do Conif fortalecer a carreira dos técnicos-administrativos, com a proposta de RSC também para esses servidores.

maria_clara_ministroA reunião do Conif foi finalizada com uma confraternização com a Setec e o MEC. Foi um momento muito agradável no qual comemoramos as realizações e os desafios, que tivemos ao longo do ano, e importante também para fortalecer o vínculo entre as instituições da rede.

III Fórum Mundial de EPT

lancamento_forum_2

Foto: Isabelle Araújo/IFPE

Também na terça-feira, participei do lançamento oficial do III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, que será realizado de 26 a 29 de maio de 2015 em Recife (PE), tendo o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) como anfitrião. Na solenidade estavam vários reitores de outros Institutos, lideranças estudantis e representantes de embaixadas de diversos países. O ministro da Educação, Henrique Paim, o secretário executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa, e o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Aléssio Trindade, prestigiaram a solenidade. Para mim foi muito emocionante estar no lançamento do próximo Fórum, já que fomos nós do IFSC que recebemos esse grandioso e importante evento em 2012, mobilizando toda a instituição e recebendo cerca de 17 mil participantes em Florianópolis.

Outros assuntos

  • Apoios – Em Brasília, tive reuniões com o deputado federal Jorge Boeira e os senadores Luiz Henrique da Silveira e Paulo Bauer, para conversar sobre apoio aos projetos da nossa instituição. O deputado Boeira comprometeu-se em propor emenda individual para viabilizar projetos para os nossos câmpus do Sul, principalmente a construção do novo bloco do Câmpus Tubarão. Os senadores Luiz Henrique e Paulo Bauer manifestaram apoio à criação do câmpus avançado do IFSC em Joinville, que será instalado no prédio da Escola Conselheiro Mafra. O desafio é viabilizar a restauração do imóvel e obter a aprovação do novo câmpus pelo MEC.
  • Senai – Hoje pela manhã participei da última reunião do ano da reunião do Conselho Regional do Senai-SC, do qual participo como representante do Ministério da Educação, assim como temos, em nosso Conselho Superior (Consup), um representante da entidade. Essa parceria é muito importante em prol da qualificação profissional em nosso estado.
  • Cartão de Natal – Fiquei muito emocionada esta semana ao receber o cartão de Natal – interativo e bilíngue! – enviado pelos servidores do Câmpus Palhoça. Foi uma iniciativa muito bonita e é possível perceber o carinho com que foi pensado e produzido. Aproveitei para aprender algumas expressões em Libras! Se você ainda não viu, clique aqui para ver.
  • Avaliações – É final de ano e temos vários processos de avaliações em andamento. A participação de todos é muito importante! A avaliação de desempenho dos servidores vai até dia 19 de dezembro – e cabe lembrar que os alunos também devem avaliar os seus professores. Também há as avaliações do Paevs, com prazo até 15 de dezembro, e dos projetos de extensão, até 4 de janeiro. Participe!

E hoje já estou viajando novamente para amanhã estar no Câmpus São Miguel do Oeste para participar da formatura do curso técnico integrado em Agroindústria. É sempre muito bom participar desse momento tão importante na vida dos nossos alunos!

Até semana que vem!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.