Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

snct_brasiliaEsta semana foi muito especial para o IFSC em função da 11ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Com o tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”, a Semana é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e acontece em todo o país. Para nós, é a oportunidade de mostrarmos para a comunidade o que estamos desenvolvendo no ensino, pesquisa e extensão, além de permitir a popularização e a disseminação da ciência e da tecnologia em todas as cidades em que o IFSC está presente.

snct_xanxereO tema deste ano tem relação direta com a nossa atuação, que é o desenvolvimento social a partir do que produzimos na instituição. Além disso, a ciência e a tecnologia são fundamentais para que possamos desenvolver as regiões onde estamos inseridos, cumprindo nossa missão institucional.

continenteParticipei das atividades no Câmpus Florianópolis, Florianópolis-Continente, Palhoça Bilíngue, São José e Tubarão. No Câmpus Florianópolis visitei os estandes, acompanhei os trabalhos e foi muito bom ver nossos alunos mostrando o conhecimento adquirido na sala de aula sendo aplicado em oficinas que eles ministraram e nos projetos expostos. No Câmpus Florianópolis-Continente participei da abertura do terceiro dia de atividades e também da Feira de Empreendedorismo organizada pelos alunos do técnico em Eventos, bastante importante para instigar o desenvolvimento de novos projetos pelos alunos.

snct_sjJá no Câmpus Palhoça Bilíngue, participei da abertura com a palestra do professor Douglas Kaminski, que falou sobre as redes sociais voltadas à educação bilíngue, um tema muito relevante e de bastante importância para esse nosso câmpus. No Câmpus São José, estive na abertura com o palestrante Walter Antonio Bazzo, que foi muito instigante e motivadora para os alunos, abordando temas como inclusão social e desenvolvimento humano.

E no Câmpus Tubarão participei das atividades de encerramento. O câmpus ainda não tem uma estrutura de pesquisa consolidada por estar no início de seu funcionamento, mas apresentou muitas atividades de extensão bastante interessantes.

snct_sj2Em todos os lugares foi muito gratificante ver os trabalhos que estão sendo desenvolvidos pelos alunos e perceber que chegamos a um nível de desenvolvimento que nos permite mostrar para a comunidade a aplicação do que desenvolvemos em sala de aula e nos projetos de pesquisa e extensão. Além disso, pude conhecer e partilhar das experiências dos alunos, que se mostraram bastante empolgados com a participação nas atividades.

snct_brasilia2Este ano tivemos 20 câmpus com programação específica para a SNCT, além de nossa participação no estande do Ministério da Educação (MEC), em Brasília, com os projetos “Robô Dedicado” e “Automação residencial por controle com smartphone via internet” do curso técnico em Mecatrônica do Câmpus Criciúma. As fotos das atividades estão disponíveis na página do IFSC no Facebook e as reportagens específicas sobre as atividades em nosso Portal.

Outros assuntos

  • Câmpus Lages: essa semana teria uma visita aos câmpus Urupema e Lages, na serra catarinense. No entanto, em função do temporal que tivemos naquela região, tive que cancelar minha ida. Tivemos um estrago muito grande no Câmpus Lages e estamos apoiando a recuperação do Câmpus. A cidade está com uma situação bastante complicada e a Defesa Civil está aceitando doações para ajudar os moradores.
  • Visita ao Câmpus Florianópolis: na quarta-feira visitei uma turma do curso de Química que tinha escrito cartas para mim em uma aula de português do professor Amauri Araújo Antunes. Já havia recebido as cartas dos alunos e quis dar um retorno a eles. Foi uma experiência bastante interessante, conversamos sobre o funcionamento da instituição, suas necessidades e expectativas. Só estando próximo dos alunos para entender essas necessidades e poder melhorar cada vez mais o IFSC. Também foi muito legal ver o carinho e a preocupação deles com a instituição.
  • SONY DSCOutubro Rosa: este mês estamos com atividades em vários câmpus e na Reitoria dentro da campanha Outubro Rosa, que visa conscientizar homens e mulheres da importância da prevenção do câncer de mama. Na quinta-feira participei de uma dessas atividades, que foi a palestra com os médicos Antonio Andre Magoulas Perdicaris e Ernani Lange de São Thiago. A palestra foi promovida pelos projetos de extensão “Radiologia na comunidade” e “Prevenção do câncer no município de Rancho Queimado”.  Quero agradecer aos organizadores e aos palestrantes, pois é muito importante que a informação chegue às pessoas e essa atividade contribuiu muito para que isso acontecesse.
  • Superintendência de Patrimônio da União: hoje estive na SPU para tratar de terrenos que o IFSC está solicitando. O processo já está bem encaminhado e estamos só aguardando sua finalização. Assim que tivermos a oficialização, divulgaremos os projetos que temos para a ampliação da instituição.
  • estudantesRepresentantes estudantis: hoje também recebi os alunos do Câmpus Florianópolis para tratarmos do Encontro Sul dos Estudantes de Escolas Técnicas, que acontecerá em março de 2015, das demandas dos estudantes e também para organizarmos o II Encontro de Representações Estudantis, que será no dia 5 de novembro no auditório da Reitoria. Esses encontros estudantis são muito importantes para que os alunos possam se articular e ter um movimento estudantil qualificado, que trabalha para atender às necessidades de todos os alunos.

Amanhã ainda participarei da formatura do curso de Gestão Pública EaD em São José. E no domingo teremos a realização do nosso concurso público. Desejo muita calma e tranquilidade para os candidatos e não esqueçam que, neste final de semana, teremos a mudança para o horário de verão, não se atrasem para a prova. Boa sorte a todos!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.