105 anos de inclusão

SONY DSCEsta semana foi marcada pelas comemorações dos 105 anos do IFSC e da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. No dia 23 de setembro de 1909, o então presidente Nilo Peçanha assinava o decreto que criava as Escolas de Aprendizes Artífices em todo o país, entre elas a de Santa Catarina. Nossa instituição mudou de nome várias vazes, mas nunca perdeu seu objetivo inicial, que é ofertar educação profissional gratuita às classes socioeconômicas menos favorecidas, promovendo a inclusão social.

ifscnamidia_tvcomDurante toda a semana, participei de várias atividades que integraram a programação dos 105 anos. No início da tarde de segunda-feira, estive na rádio CBN Diário para participar do programa “Notícia na Tarde”. Falei sobre a programação do aniversário, em especial o lançamento do documentário produzido pela IFSCTV sobre um professor nosso, preso e torturado durante a ditadura militar. Aproveitei para falar sobre o nosso processo seletivo para 2015.1, que está com inscrições abertas até o dia 3 de novembro.  

camaravereadores2Depois, participei de uma sessão em homenagem aos 105 anos do IFSC na Câmara de Vereadores de Florianópolis. A homenagem foi proposta pelo vereador Felipe Teixeira, irmão dos nossos servidores Fernando Teixeira e Fátima Teixeira, que também estiveram presentes, além de gestores do Câmpus Florianópolis.

danca_com_alunosAinda na tarde de segunda, estive na abertura do 13º Didascálico – Mostra de Arte e Cultura do IFSC, no Câmpus Florianópolis, que foi a sequencia de um mês muito intenso, em que tivemos diversos eventos, como Sepei, JIFSC e Ação Cidadania. É muito bom ver nossos alunos participando ativamente desses eventos. Fico muito feliz de poder compartilhar essa celebração dos 105 anos com eles!

derleiNa noite de segunda-feira, tivemos um momento muito marcante e de muita emoção. Fizemos uma homenagem ao professor Marcos Cardoso Filho, que foi preso e torturado durante a ditadura militar. A homenagem contou com a participação de familiares, amigos e ex-alunos do professor, o que deixou tudo ainda mais emocionante. Entregamos o relatório “De professor a réu: Marcos Cardoso Filho e a Escola Técnica Federal de Santa Catarina”, solicitado pela Comissão Estadual da Verdade Paulo Stuart Wright. O documento esclarece a realização de uma audiência da Justiça Militar nas dependências da antiga ETFSC, na qual Marcos era réu. Essa audiência foi realizada em 22 de setembro de 1976, exatamente há 38 anos.

cena_documentarioDurante a homenagem, assistimos ao documentário “História recontada: Marcos Cardoso Filho e a ditadura na Escola Técnica”, um belíssimo trabalho feito pela IFSCTV. Para quem ainda não assistiu, recomendo que assistam (clique aqui para assistir). Além disso, nomeamos o auditório da Reitoria como Auditório Professor Marcos Cardoso Filho. Tudo isso para homenageá-lo e também para pedir desculpas por tudo o que ele passou. É importante que nós tenhamos viva essa memória, para que nunca mais ninguém passe por esse tipo de constrangimento em função de seu pensamento e de seus ideais. Agradeço o trabalho de todos que estiveram envolvidos nessa homenagem, que com certeza ficará marcada na história da instituição para sempre!

homenagem_aposentadosJá na terça-feira – dia do aniversário do IFSC – fizemos, no Câmpus Florianópolis, uma homenagem aos servidores que se aposentaram recentemente. Temos sempre que reconhecer e valorizar o trabalho e a dedicação das pessoas que trabalham ou que trabalharam aqui. Grande parte desses servidores dedicaram boa parte de sua vida profissional a esta instituição, e a homenagem é mais que merecida. Depois disso, cantamos parabéns e fizemos o corte do bolo, com presença de vários alunos e servidores do câmpus.

SONY DSCNa terça à tarde, no auditório da Reitoria, tivemos a assinatura simbólica de convênios entre os Núcleos de Educação a Distância (Neads) e as prefeituras de Garopaba, Florianópolis e Palhoça. A criação do Centro de Referência em Formação e EaD (Cerfead) é a realização de um sonho e levará o IFSC também para cidades onde não temos câmpus, oportunizando a formação de formadores e de gestores públicos a um grande número de pessoas. Depois da solenidade, também cantamos parabéns e cortamos o bolo, dessa vez com a presença dos servidores da Reitoria.

SONY DSCNa quarta-feira à tarde, tivemos a instalação da mesa de negociação permanente com o Sinasefe-SC, que na verdade é a formalização de algo que já vem acontecendo. Já viemos buscando esse trabalho conjunto com o sindicato, como foi o caso do GT paritário sobre a flexibilização, com o objetivo de estarmos sempre negociando para encontrar soluções e atender às demandas e expectativas dos servidores. Como o coordenador do sindicato Carlos Martins lembrou, essa é uma ação pioneira no país, que servirá de exemplo para as outras sessões sindicais do Sinasefe.

Outros assuntos:

  • visita_itajaiVisita a Itajaí – na quinta-feira, estive em Itajaí para verificar como está o andamento da obra. A sede definitiva do câmpus está ficando muito bonita. Fiquei feliz em ver o prédio de perto, que já está com cara de câmpus do IFSC! A previsão é de que a obra seja entregue dentro do prazo determinado, que é fevereiro de 2015.
  • assinatura_rscRSC – também na quinta-feira, assinei a primeira portaria de concessão do Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC), que foi do professor Eloy João Losso Filho. Queremos que esse processo seja ágil e, por isso, a assessora técnica Pricila Serpa está visitando os câmpus para ajudar os docentes a montar seus processos.  Convido todos os professores do IFSC a se cadastrarem como avaliadores para que possamos agilizar ainda mais esse processo, pois já temos mais de 50 pedidos protocolados! Para se cadastrar, clique aqui. Além disso estamos montando comissões internas para agilizar os processos.

E hoje à tarde ainda participo de uma palestra em comemoração ao Dia do Surdo, promovida pelo Câmpus Palhoça Bilíngue, e do encerramento do 13º Didascálico e das atividades dos 105 anos. Muito obrigada a todos que participaram, de uma forma ou de outra, dessa celebração. Compartilho ainda aqui o artigo publicado essa semana no jornal Diário Catarinense sobre nosso aniversário.

Um abraço e até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.