Visitas aos câmpus

Olá!

Nesta semana, fui à região Sul do estado para visitar a obra do Câmpus Tubarão e os câmpus Araranguá e Criciúma. Estou bem feliz com os encaminhamentos. Já no início de junho devemos ter o primeiro bloco do Câmpus Tubarão pronto para que possamos mudar para a sede definitiva. E a previsão é que já ofereçamos cursos regulares a partir do segundo semestre nessa estrutura.

campus_tubaraoO terreno disponibilizado pela União é muito bom, pois dá uma boa visibilidade já que é às margens da BR-101 Sul, km 336, no bairro Morrotes. E uma notícia boa é que devemos conseguir ampliar o terreno para construir um segundo bloco.

No Câmpus Araranguá participei da abertura da discussão do Plano de Oferta de Cursos e Vagas do câmpus. Os servidores estão bem mobilizados nesse debate. Essa reunião foi realizada já no novo auditório do câmpus.

É muito bom ver um câmpus que já enfrentou problemas de infraestrutura conseguir crescer e equipar os novos blocos. O objetivo é sempre melhorar nossa estrutura de maneira a beneficiar servidores, alunos e comunidade.

E aproveitei ainda a viagem para passar no Câmpus Criciúma, conversar com a direção-geral e alguns servidores. Em junho devo voltar ao câmpus para uma reunião com todos os servidores. É sempre revigorante ir aos câmpus, por mais cansativas que algumas viagens sejam. Ver nossa estrutura funcionando, nossos alunos em sala e o crescimento do IFSC nos anima e nos motiva a trabalhar ainda mais!

Outros assuntos

  • Gestão: Na reunião de Gestão desta semana, vimos os encaminhamentos para a implantação do nosso sistema de gestão (SIG) e reforçamos a ideia de que precisamos nos preparar para que isso seja feito de modo seguro. Também discutimos a estrutura do IFSC, tendo em vista que, no segundo semestre, devemos ter a atualização do nosso regimento.
  • Cinema: Recebi na segunda-feira a professora do Câmpus Florianópolis, Gizely Cesconetto, que está envolvida em dois projetos: Núcleo de Produção Digital e Jornada da Região Sul de Cineclubes. A intenção é que o IFSC assine um termo de cooperação com o Ministério da Cultura para recebimento de verba de apoio a esses projetos.
  • SONY DSCPlanejamento: Hoje pela manhã, na Reitoria, tivemos o Seminário Regional do Planejamento Estratégico do IFSC, que está discutindo o plano anual de trabalho para 2015. Tudo isso faz parte da construção do nosso Plano de Desenvolvimento Institucional.
  • Forgifesc: E hoje de tarde tivemos também a segunda reunião do Fórum de Gestão Integrada das Instituições Federais de Ensino de Santa Catarina, que busca integrar ações do IFSC, IFC, UFSC e UFFS.
  • Ingresso 2014.2: Na próxima terça, termina o prazo para quem quiser solicitar isenção da taxa de inscrição do nosso processo seletivo. Confiram no nosso site (www.ingresso.ifsc.edu.br) todas as informações sobre quem pode pedir a isenção!
  • Flexibilização: tendo em vista a matéria publicada no Informativo Contexto, número 211, há necessidade de contextualizar as informações ali veiculadas no seguinte sentido: a flexibilização é uma necessidade institucional para atendimento pleno do IFSC à comunidade, tendo em vista as atividades que se desenvolvem em três turnos ininterruptos, não havendo, por parte do IFSC, qualquer ingerência nas questões de direito que são estabelecidas por outras instâncias. Conforme ressaltado anteriormente aqui no blog, precisamos avançar na regulamentação e na operacionalização para que a instituição tenha segurança no seu funcionamento.

dia do trabalhadorE temos uma semana curta por causa do feriado do Dia do Trabalhador! Agradeço aos nossos servidores por nos ajudarem a fazer essa instituição diariamente e, assim, contribuir para a formação das pessoas e a transformação do nosso País.

Um bom descanso a todos e até semana que vem!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *