Novo terreno e reuniões

Olá!

novo_terreno_SJFechamos a semana com uma ótima notícia: receberemos da União um terreno de 115 mil metros quadrados na Avenida das Torres em São José. Atualmente, o terreno está cedido à Polícia Rodoviária Federal que buscou, junto conosco, essa doação. A Prefeitura de São José também estava interessada no terreno, mas aceitou que o terreno vá para o IFSC.

Com esse novo terreno, conseguiremos planejar melhor o futuro do IFSC. Nossa ideia inicial é utilizar esse espaço para a ampliação do Câmpus São José e para nosso Centro de Formação e Educação a Distância. São muitas possibilidades que, com certeza, resultarão em um melhor atendimento à comunidade.

Reuniões nos Departamentos

Durante a semana, participei de reuniões com servidores de alguns departamentos dos câmpus São José e Florianópolis. Esses momentos presenciais são importantes para esclarecermos sobre a atuação do IFSC e os processos institucionais em andamento – como a Resolução 13, o Plano de Desenvolvimento Institucional, o Regulamento Didático-Pedagógico e o Reconhecimento de Saberes e Competências – e também para ouvirmos as expectativas dos servidores.

Nesse sentido, os servidores apontaram a necessidade de atualização dos laboratórios em termos de equipamentos que estão defasados. Para buscar solucionar essa questão, decidimos fazer um programa de revitalização tecnológica.

Nossa primeira ação será abrir um formulário – provavelmente já na próxima semana – para que os servidores indiquem as necessidades de equipamentos nos laboratórios em que atuam, principalmente dos câmpus mais antigos que ainda não passaram por essa renovação.

Reuniões com alunos

reuniao_alunosNesta sexta à tarde, recebi na Reitoria alunos do Câmpus Florianópolis para esclarecimentos sobre recursos e viagens. A intenção do IFSC – por meio da Reitoria e das direções-gerais dos câmpus – é sempre atender nossos estudantes de maneira a proporcionar condições boas de ensino, pesquisa e extensão. Por isso, acho importante sanar dúvidas e, às vezes, até informações imprecisas que circulam para que todos tenhamos a clareza do que é possível fazer – lembrando sempre que, por sermos órgão público, temos uma legislação a seguir e que gera um pouco de burocracia, mas que isso não deve atrapalhar o desenvolvimento dos estudantes. A reunião foi bem boa. Esclareci sobre o funcionamento do IFSC, do orçamento e da autonomia dos câmpus.

Estou sempre à disposição para receber dúvidas dos nossos alunos por e-mail – ouvidoria@ifsc.edu.br – ou presencialmente quando eu estiver nos câmpus. Destaco a importância dos estudantes buscarem informações e nos procurarem para esclarecimentos antes de divulgar informações nem sempre corretas sobre os processos institucionais e, às vezes, gerando mais confusão. Mas agradeço sempre pelas manifestações, pois as discussões nos fazem crescer e fico feliz de os alunos terem esse envolvimento na instituição – até porque defendemos essa gestão participativa.

Como sempre digo, os alunos são nossa prioridade e nossa razão de existir. Podem ter certeza que nosso trabalho diário é pensando no melhor para vocês.

Outros Assuntos

  • Gestão Hospitalar: Na segunda-feira, me reuni com servidores que atuam no curso de Gestão Hospitalar do Câmpus Joinville e tratamos de parcerias com outras instituições para atendermos demandas de capacitação.
  • visita_lagunaLaguna: Tive uma reunião com a prefeitura de Laguna que está interessada em nos ceder laboratórios de cozinha. Estive na cidade junto com servidores do Câmpus Garopaba, que é responsável por estudar e viabilizar essas possibilidades de parceria – via Pronatec, provavelmente -, que nos permitem atender um local mesmo que não tenhamos um câmpus na cidade. Aproveitei a viagem para visitar as obras da sede definitiva do Câmpus Garopaba que estão andando muito bem. Já está na parte de pintura e, nesta semana, saiu o edital de urbanização. Ficamos felizes de ver um novo espaço, que será ainda melhor para a comunidade, tomando forma.
  • audienciarscRSC: Hoje à tarde participei da audiência para discutir com nossos professores a minuta de regulamentação do Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) dos docentes do IFSC. Importante termos a clareza de que precisamos seguir uma legislação e quanto mais adequados estivermos a ela, maiores as chances de termos um parecer favorável do Conselho Permanente para o Reconhecimento de Saberes e Competências da Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico para homologação da proposta. Destaco a importância desse debate para que se possa atender a expectativa e reconhecer o esforço e a atuação dos docentes que constroem esse Instituto.
  • Falecimento: Tivemos nesta semana uma perda para a instituição. O servidor Itamar Zilli Neto, técnico de manutenção de laboratório do Câmpus Florianópolis-Continente, faleceu depois de se envolver em um acidente de trânsito. Ele tinha 48 anos e trabalhava no IFSC desde o início do funcionamento do câmpus em 2007. Sentimos muito por esse acidente trágico e deixamos aqui nossa solidariedade para a família. Que tragédias como essa nos façam lembrar do cuidado que temos que ter no trânsito cada vez mais perigoso de nossas cidades.

Até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *