Posse e reuniões

Boa tarde!

Nesta semana, tivemos um momento muito feliz e outro bem triste. Na segunda, tomaram posse 79 novos servidores que vão atuar em 18 câmpus e na Reitoria. A cerimônia ocorreu no auditório da Reitoria, em Florianópolis. Essa foi a primeira turma de novos servidores aprovados pelo concurso`público de 2013, o maior que já fizemos.

No discurso de posse, destaquei que temos duas carreiras – técnico-administrativos e docentes -, mas somos todos educadores. Nossa instituição está crescendo e precisa de uma equipe motivada em trabalhar pelo ideal da educação profissional e tecnológica pública e gratuita. Estamos muito contentes em poder contar com esses novos profissionais e esperamos contar com o comprometimento e a motivação de todos para cumprirmos a nossa missão e ajudarmos a melhorar o nosso País. Estamos acolhendo esses servidores com as atividades de Ambientação previstas para 100 dias em que  eles devem interagir em seus setores e conhecer o funcionamento, a legislação e a nossa inserção na comunidade.

Com a entrada da segunda turma dos aprovados no concurso, que deve ocorrer nos próximos meses, o IFSC deve fechar o ano com cerca de 2 mil servidores, um número quatro vezes maior do que tínhamos em 2005. Isso demonstra o nosso processo de cartao_MCexpansão do Governo Federal e a estrutura de pessoal que precisamos ter para dar conta do recado.

Entreguei na cerimônia um cartão impresso para os novos servidores que resume minhas boas-vindas. Compartilho com vocês!

Perda

Nesta terça-feira, recebemos com muita tristeza a notícia do falecimento da servidora Luciana Vieira de Oliveira de Leão do Câmpus Criciúma por parada cardíaca. Luciana era servidora do IFSC desde outubro de 2011 e atuava como assessora da Direção-Geral do câmpus.

Lamentamos muito essa perda e nos solidarizamos com os familiares da servidora e com os alunos e servidores do câmpus que sentiram diretamente a sua ausência. Só temos que agradecer pelo tempo em que pudemos contar com uma profissional tão dedicada. Ficarão a saudade e a lembrança.

Obras

Hoje abrimos as propostas do primeiro edital de licitação na modalidade Regime Diferenciado de Contratações (RDC) que fizemos para a construção do bloco 2 do Câmpus Caçador. Esta é a primeira obra licitada por meio da modalidade RDC por uma instituição federal de ensino do país. Tivemos inscritas dez propostas e sete empresas compareceram.

SONY DSCEnfrentamos dificuldades com esse processo já que na primeira vez que fizemos a licitação – que não foi via RDC – houve indício de combinação de preços das empresas. Mantendo a integridade com a qual sempre procuramos atuar, lançamos o novo processo e solicitei às empresas transparência e dignidade. Agora vão correr os trâmites oficiais e as obras devem ser iniciadas em julho. E, no dia 11 de junho, serão abertas as propostas para a construção do primeiro bloco do Câmpus Tubarão.

Reuniões

Apesar de ser uma semana curta, minha agenda foi repleta de reuniões. Tive uma webconferência com os diretores-gerais dos nossos câmpus para tratar do edital de remoção de servidores. Numa reunião com o coordenador de diárias e passagens, estamos vendo a regulamentação de alguns procedimentos da área.

Também me reuni com o diretor-geral do Câmpus Caçador, Albertinho Della Giustina, e criamos uma comissão para estudar a oferta de cursos. Outro assunto que tratei com o coordenador de regularidade imobiliária do IFSC foi sobre um estudo que temos para solicitar a alteração do zoneamento da Avenida Mauro Ramos – na capital – para que possamos ampliar o Câmpus Florianópolis e outro para viabilizarmos o terreno que receberemos da SPU na Baía Sul.

Minha agenda incluiu ainda uma conversa com o chefe do Departamento de Orçamento e Finanças do IFSC para ver questões de infraestrutura física e de pessoal dessa área que vem atuando de maneira bem transparente com os câmpus. E com a pró-reitora de Ensino conversei sobre os grandes desafios das três diretorias da área.

Outros assuntos

  • Polo de Inovação: Me reuni ontem com a reitora da UFSC, Roselane Neckel, e com o diretor regional do Senai SC, Sérgio Roberto Arruda, para falar sobre o polo de inovação que estamos tentando trazer para o Sapiens Parque em Florianópolis. Já estamos trabalhando com o MEC e nossa intenção é atuar em parceria com essas instituições em um polo que pode beneficiar todos os envolvidos e, principalmente, o nosso estado.
  • Didascálico: Neste ano, o Didascálico – Mostra de Arte e Cultura do IFSC – completa 18 anos. O evento que será realizado em setembro no Câmpus Florianópolis já é tradicional na nossa instituição. Me reuni com a servidora responsável pelo evento, a professora Tânia Meyer, para tratar sobre essa mostra. Em relação a essas atividades artísticas, também falamos sobre as apresentações da orquestra e do coral do IFSC e do nosso grupo de teatro Boca de Siri.
  • Política de Comunicação: Termina nesta sexta o prazo para os nossos diversos públicos estratégicos responderem a pesquisa sobre a comunicação do IFSC. Quem puder participar, irá nos auxiliar bastante para melhorarmos nosso relacionamento. O questionário é on-line e está disponível no site www.politicadecomunicacao.ifsc.edu.br.

Um bom feriado a todos e até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.