Fórum de Reitores, viagens e aula inaugural

Boa tarde!

Forum_reitores_1Terminamos esta semana com um ótimo encaminhamento: a criação do Fórum de Reitores das Instituições Públicas de Santa Catarina, que envolve o IFSC, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), o Instituto Federal Catarinense (IFC) e a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Resolvemos criar esse grupo após uma reunião nesta quinta-feira em que convidei a reitora da UFSC, Roselane Neckel; o reitor do IFC, Francisco José Montório Sobral; o reitor da Udesc, Antonio Heronaldo de Sousa; e o reitor da UFFS, Jaime Giolo, para virem na nossa Reitoria.

SONY DSCNo encontro, decidimos iniciar uma mobilização conjunta em defesa da destinação de 100% dos royalties de futuras concessões de petróleo para a educação. A ideia é que façamos juntos uma defesa explícita dessa causa tão importante para que a discussão seja ampliada. Como reitores de instituições públicas, temos a responsabilidade de levantar essa bandeira. Vamos elaborar e fazer ampla divulgação de um manifesto de apoio às propostas previstas na MP 592 para a área da educação e buscar articulação junto ao Fórum Parlamentar Catarinense e ao Poder Legislativo Estadual.

Outra medida conjunta que definimos foi a reivindicação, junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, de que nossas instituições sejam integradas ao processo de elaboração e correção das provas do ENEM.  Nesse sentido, queremos estudar uma forma de fazermos uma adesão coletiva ao Sistema de Seleção Unificada, o SiSU.
Esse é só o começo dessa articulação entre as universidades e os institutos que atuam no Estado. Com a constituição do Fórum, vamos elaborar um mapa conjunto situando as áreas geográficas e áreas de conhecimento em que cada uma atua, de modo a evitar que haja sobreposição de atuação em determinadas áreas e lacunas em outras. Já temos uma próxima reunião marcada para 24 de maio.

Viagens

urupemaDando continuidade à Reitoria Itinerante, estive na segunda-feira nos câmpus Lages e Urupema. No Câmpus Urupema, conversamos com os servidores sobre as necessidades e dificuldades enfrentadas pelo IFSC na cidade. Temos a consciência de que esse câmpus possui uma configuração bem diferenciada e, por causa disso, decidimos formar uma comissão com servidores do câmpus e da Reitoria para pensar num projeto mais adequado às características locais.

010413_reitora_lages09No Câmpus Lages, me reuni primeiro com os alunos para falar sobre a importância da representação estudantil e a necessidades dos estudantes se envolverem com isso. Também destacamos as oportunidades oferecidas pelo IFSC – como intercâmbio e bolsas de pesquisa e extensão – e a assistência estudantil. Com os servidores, tratamos de questões de carreira e progressão, como já havíamos fazendo nos outros câmpus que visitamos.

Estamos trabalhando no Plano de Qualificação Profissional dos servidores. Sabemos que precisamos intensificar esse trabalho para atender as necessidades e expectativas nos nossos servidores.

Aula Magna da Engenharia Elétrica

IMG_3361Na quarta-feira, recebemos o diretor-presidente da empresa Tractebel Energia,  maior empresa privada de geração de energia do País. Manoel Zaroni, para a aula inaugural do nosso curso de Engenharia Elétrica, oferecido pelo Câmpus Florianópolis. Foi uma oportunidade para os nossos futuros engenheiros terem contato com um profissional renomado de uma empresa SONY DSCreconhecida. Inclusive, propus um desafio aos nossos alunos para que aproveitem o curso para estudarem novas fontes de energia que possam, inclusive, serem incorporadas nos nossos câmpus e na Reitoria como parte do projeto IFSC Sustentável. Fiquei muito feliz em participar desse momento histórico com a nossa primeira turma de Engenharia Elétrica.

Cessão de terrenos

SPUNesta quinta, estive na Superintendência do Patrimônio da União para tratar da cessão de terrenos. Assinamos o termo de cessão do terreno do Câmpus Tubarão e a renovação da cessão do nosso terreno do bairro Coqueiros, em Florianópolis, onde estão a Reitoria e o Câmpus Florianópolis-Continente por mais 20 anos. Com isso, conseguiremos fazer obras nesses prédios. Também estamos buscando oficializar a cessão de um prédio no centro de Florianópolis e outro na via expressa Sul  para projetos futuros do IFSC.

Vamos encaminhar um ofício para a Câmara de Vereadores e a Prefeitura Municipal de Florianópolis solicitando alteração no plano diretor da cidade para que haja mudança no zoneamento  que permitam a execução desses e outros projetos do IFSC que vão beneficiar toda a comunidade.

Outros assuntos

– Reunião TAEs – Participei nesta sexta de uma reunião com servidores técnico-administrativos do Câmpus Florianópolis para tratar de questões como a flexibilização e o controle eletrônico de ponto. Estamos recebendo a visita de servidores da Controladoria Geral da União e é importante que busquemos resolver questões frágeis que ainda apresentamos. Estamos fazendo tudo o que é necessário para que o IFSC funcione de uma maneira tranquila, atendendo os anseios dos servidores, mas cumprindo a legislação. Para isso, precisamos do comprometimento também dos servidores para que todos sejam beneficiados.

– Reunião Criciúma – Estive também nesta sexta com a diretora-geral do Câmpus Criciúma, Sandra Margarete Bastianello Scremin, para tratar de novas possibilidades para o câmpus.

– Concurso – E estamos na expectativa da divulgação dos resultados da prova objetiva. Ainda teremos provas discursivas e práticas para alguns cargos. Sabemos da angústia de muitos candidatos, mas, ao mesmo tempo, ficamos felizes com esse interesse das pessoas em trabalhar na nossa instituição.

Até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.