Brasília e Conselho Superior

Bom dia!

Nesta semana, estive em Brasília para a reunião da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior. Na pauta do encontro, discutimos sobre o novo instrumento de avaliação institucional que ainda irá para audiência pública, o credenciamento de instituições para reconhecimento de diploma no MERCOSUL, as áreas a serem avaliadas no Enade 2013 e um acordo de cooperação entre Brasil e Cabo Verde.

Conselho Superior

Na quarta-feira tivemos a primeira reunião do Conselho Superior deste ano, o órgão deliberativo e consultivo máximo do IFSC. Tivemos três alterações no regimento geral da instituição. A primeira foi na estrutura da Pró-Reitoria de Ensino e as outras são alterações da composição do Colegiado de Desenvolvimento de Pessoas e do Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão.

SONY DSCAgora a Pró-Reitoria de Ensino passa a contar com três diretorias: Diretoria de Desenvolvimento do Ensino,Diretoria de Assuntos Estudantis e Diretoria de Estatísticas e Informações Acadêmicas. O foco do IFSC é o ensino e vínhamos estudando uma estrutura que melhor atendesse às nossas características e a todo o processo de expansão. Acredito que com essa nova proposta aprovada teremos mais precisão nas informações institucionais, o que nos dará mais respaldo para planejar ações e também mais efetividade em relação as políticas estudantis.

O Colegiado de Desenvolvimento de Pessoas passa a ser composto pelos pró-reitores de Ensino, Administração e Desenvolvimento Institucional, Diretor de Gestão de Pessoas, integrantes da Comissão Permanente de Pessoal Docente e integrantes da Comissão Interna de Supervisão. A alteração foi necessária devido à publicação do Decreto 7806/2012, que dispõe sobre as tarefas da Comissão Permanente de Pessoal Docente e também pelas necessidades e demandas do IFSC.

Já o Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão passa a ser formado pelos pró-reitores de Ensino, Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação e Extensão e Relações Externas, diretores de Ensino, Pesquisa e Extensão, cinco representantes dos servidores docentes, cinco representantes dos servidores técnico-administrativos e cinco representantes de alunos. Dessa forma, o CEPE terá mais autonomia para a distribuição e avaliação dos trabalhos conforme a necessidade.

Além das alterações do regimento geral, o Conselho Superior do IFSC também aprovou o Planejamento Institucional 2013/2014, que está disponível para consulta no site do IFSC.

Outras reuniões

SONY DSCNa quinta-feira, retomamos a reunião com a Comissão Paritária para discussão da pauta interna dos servidores levantada a partir da greve do ano passado. A Reitoria sistematizou os pontos da pauta interna com as ações do planejamento. Foi uma reunião muito produtiva e de alta qualidades na participação e sugestões de melhoria dos processos institucionais. Discutimos muito sobre o desafio de atuarmos em rede. O documento está disponível para os servidores no Fórum de Discussões do IFSC.

reuniao_urussangaTambém me reuni com o vice-prefeito de Urussanga Luiz Henrique Martins e o vereador do município Marcos Silveira para falar sobre a demanda da região por cursos técnicos e de qualificação. A diretora-geral do Campus Criciúma, Sandra Scremin, participou da reunião e já está vendo possibilidade do campus ofertar cursos de extensão e via Pronatec na região.

E no final desse dia participei de outra reunião com servidores da Pró-Reitoria de Extensão e Relações Externas em que falamos da proposta de institucionalização dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio no IFSC. Os ODM foram lançados pela Organização das Nações Unidas em 2000 e listam uma série de desafios a serem superados no mundo até 2015.

odm_blogO IFSC é a única instituição pública federal de educação entre os apoiadores catarinenses dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Neste ano, vamos desenvolver uma série de ações para ampliar a participação junto ao programa e reforçar as propostas dentro da instituição. Muitas das ações e programas que nós já desenvolvemos estão alinhadas com os oito objetivos definidos pela ONU. A ideia agora é reforçar nossa participação e envolver todos os servidores e estudantes nessa grande mobilização. Ao longo do ano, ainda devemos falar bastante sobre isso.

Outros assuntos

  • Concurso Público: Fechamos as inscrições do nosso concurso com 21.618 candidatos para as 320 vagas disponíveis. Esse já era o maior concurso da nossa história em função das vagas e agora também é o maior pela procura. Agradecemos a confiança dos candidatos que vão disputar nossas vagas na data de 17 de março. Estamos com uma expectativa bem positiva para a realização e a homologação do concurso. A Comissão do Concurso tem trabalhado intensamente. Gostaríamos de agradecer também a todos os servidores que estão envolvidos com o processo e bem comprometidos com esse trabalho.
  • FORGEP: E como já havia comentado por aqui, esta semana aconteceu em Brasília o Fórum de Gestão de Pessoas. O IFSC participou com e servidores envolvidos com o tema. Foi uma reunião bem esclarecedora. Foram tratados assuntos importantes como as carreiras docentes e dos técnico-administrativos. Forma esclarecidas muitas dúvidas e agora vamos fazer os encaminhamentos pelos trâmites internos.

Até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Brasília, Gestão. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.