Eventos e reuniões

Olá!

Começamos esta semana com um evento muito importante para nós que foi o Fórum Proeja IFSC. O evento foi realizado em Florianópolis durante dois dias e teve como objetivo propor diretrizes para a consolidação do Programa Nacional de Integração Profissional com a Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos.

Foi um momento importante para refletirmos e pensamos em ações para fortalecer e institucionalizar o programa dentro do IFSC. Enquanto instituição de ensino, temos em nosso DNA o compromisso de permitir o acesso e a permanência de todos. Os adultos têm que ter a oportunidade de voltar a estudar em turmas adequadas às suas necessidades. Por meio do Proeja, cumprimos não apenas uma questão legal, mas sim um compromisso social.

Na segunda de tarde, tivemos mais uma de nossas reuniões do Colégio de Dirigentes. Tratamos sobre a execução orçamentária. Ao longo desse trabalho, percebemos que estamos fortalecendo a Rede IFSC. Ressalto que quando todos trabalham em rede, todos ganham, quando um câmpus não trabalha em rede, todos perdem. è preciso desenvolver mais o espírito de solidariedade e coletivo. Temos que instituir cada vez mais esse processo não só na questão orçamentária, mas em todas nossas ações.

Também tratamos o Plano de Desenvolvimento Institucional, PDI. No ano que vem, iremos iniciar o processo para a construção do PDI 2014/2018. Na reunião, discutimos a proposta de metodologia que irá para aprovação do Conselho Superior.

Abordamos ainda questões mais operacionais como participação em eventos e representação no Conselho Superior. E, mais uma vez, discutimos sobre as funções gratificadas. Como eu já comentei, nossa preocupação é estabelecer critérios. Com base nisso, propomos que os chefes de ensino dos câmpus São José e Joinville irão ser contemplados com um cargo de direção nível 3. Decidimos isso analisando o número de alunos desses câmpus, os maiores depois do Campus Florianópolis. E entendemos que isso é necessário para valorizar e fortalecer o ensino. Como ainda não temos CD disponível para todos, vamos utilizar esse critério e priorizar os câmpus maiores nesse momento.

Campus Tubarão

Tivemos uma reunião na terça-feira com o prefeito eleito de Tubarão, Olávio Falchetti, e parte de sua equipe. É muito importante já estarmos com essa articulação com a nova gestão, pois isso só facilita a implantação do nosso campus na cidade. A comunidade de Tubarão está ansiosa por nossa chegada e sabemos que temos muitas expectativas a serem atendidas.

Temos boas notícias do terreno do campus, dentro de 10 dias deve ser assinada a cessão do terreno para o IFSC. O Campus Tubarão será construído em um terreno na BR 101, o que facilita a obra e posteriormente o acesso dos aluno.

Em junho deste ano já fizemos a audiência pública no município para que a comunidade se manifestasse sobre as áreas de cursos a serem oferecidos. Estamos utilizando esses dados e fazendo mais estudos para definir os primeiros cursos a serem ofertados.

Cultura no IFSC

Tivemos uma reunião com a professora Tânia Meyer do Campus Florianópolis, responsável pelo Didascálico, pelo grupo de teatro Boca de Siri e pelo Coral. Vamos viabilizar apoio financeiro a todos os envolvidos nesses projetos, além da Orquestra do IFSC que já recebe. Também, a partir de 2013, teremos mais bolsas para alunos na área artístico-cultural.

Temos uma grande preocupação em incentivar ações e projetos de Arte e Cultura no IFSC. Acreditamos que isso é fundamental para a formação integral dos nossos estudantes. E é mais uma forma de interagirmos com a comunidade.

E temos boas perspectivas para o ano que vem. Estamos trabalhando para viabilizar a gravação de um DVD com o Coral e a Orquestra do IFSC.

Reitoria Itinerante

Nesta semana, participei de mais uma rodada da Reitoria Itinerante. Estive nos câmpus São Miguel do Oeste, Xanxerê e Chapecó. Percebemos como é importante termos ações desse tipo para estarmos próximos dos nossos servidores e alunos. Foi mais uma oportunidade dos servidores tirarem dúvidas e esclarecermos algumas questões.

Ficamos felizes que no Campus Xanxerê será iniciada uma reforma na atual estrutura para melhorar as condições de trabalho. E queremos no ano que vem iniciar o projeto para a construção de mais um bloco para melhor atender aos estudantes. No Campus Chapecó, o bloco novo já está pronto e conseguimos empenhar todos os equipamentos de ponta para serem usados nas áreas de mecânica e automação.

Nos três câmpus também consegui me integrar com os alunos, o que é sempre bom para sentirmos o que nossos estudantes, que são nossa principal razão de existir, estão achando.

Outros assuntos:

• Conselho Superior: a reunião do Conselho Superior prevista para semana que vem foi adiada para o dia 19, pois recebemos o convite da presidente da república, Dilma Rousseff, para a inauguração do nosso Campus Palhoça-Bilíngue, na próxima quarta, em Brasília. É uma cerimônia simbólica que marca nosso crescimento e atuação e não temos como não estar presentes para comemorar nossos avanças. Lembrando que o Campus Palhoça-Bilíngue do IFSC é a primeira escola bilíngue de libras-português da América Latina!

• Exame de Classificação: No último domingo, estive no Campus Florianópolis acompanhando o exame de classificação para nossos cursos técnicos. É muito bom ver quantas pessoas desejam estudar aqui, pois isso mostra como nosso instituto está sendo reconhecido.

• Assinatura de convênio com o Álamo College dos Estados Unidos: Hoje participei do encerramento das atividades do professor Patrick Costello que passou a semana toda aqui no Campus Florianópolis-Continente trabalhando intensamente com nossos alunos e servidores. A data serviu também para formalizar nosso acordo de cooperação com o Álamo no sentido de incentivar e intensificar intercâmbio de alunos e servidores entre nossas instituições.

Foi uma semana bem intensa e bem produtiva como vocês podem ver com esse relato. Até mais!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Post. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.