Concurso e Pronatec

Nessa semana encurtada pelo feriado de 1º de maio, Dia do Trabalhador, trabalhei os 3 dias seguidos na Reitora, sem agenda de viagens, então foi bem produtivo encaminhar importantes assuntos por aqui.

Para quem aguarda ansioso pelo nosso concurso público, boas notícias: em breve já deve ser publicado o edital. Teremos um grande processo até o final desse ano envolvendo todos os campi e a Reitoria. Pelos nossas projeções, a previsão é que sejam abertas em torno de 300 vagas entre docentes e técnicos administrativos.

Destaco um importante trabalho feito pela nossa Pró-Reitoria de Ensino em qualificar as vagas desse próximo concurso. Trabalhamos com uma mudança de conceito e indicadores que nos permitiram focar nos projetos pedagógicos dos cursos e na projeção de atividades.

Com isso, nossa intenção foi avaliar criteriosamente a real necessidade de cada vaga e os benefícios que cada profissional vai trazer. O concurso também nos permitirá aumentar o número de professores efetivos e reduzir o número de substitutos.

Uma outra novidade que estamos estudando é a regionalização de algumas áreas, como será o caso da auditoria, engenharia e jornalismo. Tendo em vista a eficiência da administração pública, iremos trabalhar com essas atribuições de maneira regional, sempre alinhados de maneira sistêmica e conceitual à Reitoria, e atuando como uma unidade que é o IF-SC.

Pronatec

Outro importante encaminhamento dessa semana foi a aprovação e divulgação da Instrução Normativa 06/2012, que estrutura o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Destaco que essa instrução normativa foi trabalhada intensamente no Colégio de Dirigentes. Esse documento define como serão organizadas as equipes dos cursos, no que diz respeito a remuneração, regime de trabalho e obrigações.

Já estamos tratando do Pronatec desde que a lei 12.513/2011, que instituiu o programa no âmbito do governo federal, foi aprovada. O IF-SC faz parte do Pronatec por determinação legal e a própria expansão está dentro desse programa. Trata-se de uma ação com um significado social muito importante, já que vai dar oportunidade de estudo para pessoas que realmente podem melhorar sua condição de vida com a qualificação profissional, e que não viriam sozinhas se não houvesse o incentivo do programa.

No final de abril, inclusive, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) aprovou o projeto do IF-SC para oferta de cursos pelo Pronatec. Num primeiro momento, estão previstos 163 cursos de Formação Inicial e Continuada  nos 19 campi, com 5.780 vagas.

Outros assuntos

  • Acho que vale compartilhar, principalmente com nossos servidores, que estivemos reunidos com os médicos do IF-SC e com especialistas do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS) para buscarmelhorar esse tipo de atendimento. Vamos estruturar o serviço de maneira a realizar exames periódicos.
  • E o Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica já ultrapassou a marca dos 17 mil inscritos nessa semana. Estamos na contagem regressiva. Faltando 24 dias para o início do evento, divulgamos o resultado da Mostra de Pôsteres e das atividades autogestionadas. Entrem no site do evento www.forumedutec.org  e confiram as novidades!

Até a próxima semana!

Sobre Maria Clara

Maria Clara é professora do IFSC desde 1990, atuando no Câmpus Florianópolis. Tem graduação em Matemática e mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi diretora de Pós-graduação e Pesquisa (2006-2008) e pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (2009-2011) do Instituto Federal antes de tornar-se a primeira reitora eleita da instituição – anteriormente a 2008, quando o Cefet-SC tornou-se IFSC, o cargo máximo era o de diretor-geral. Além de gestora do IFSC, a reitora acumula experiências como membro da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e da Comissão Nacional de Avaliação da Iniciação Científica e Tecnológica (Conaic) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É integrante do Conselho de Governança da Fiesc, representando o Ministério da Educação (MEC).
Esta entrada foi publicada em Gestão e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.